Categoria: Uncategorized

Diferencial: Saiba como se destacar em meio a concorrência.

Leitura em 3 minutos

O diferencial da sua empresa não pode estar pautado no que a concorrência oferece, mas sim no que é melhor para o seu cliente.

diferencial

Hoje em dia podemos dizer que é quase impossível ser único em um mercado. Por isso, quando você oferece um produto, o que faz com que um cliente te escolha é o seu diferencial.

E muito diferente do que muitas pessoas imaginam você não precisa ir contra o seu concorrente, mas sim a favor do seu cliente, porque é ele quem tem que escolher o seu produto.

No mercado, temos espaço para todos, cada qual com seu serviço ou produto e suas particularidades. Mas, como você pode tornar o seu produto ou serviço algo irresistível?

Nesse texto vamos abordar os 3 pilares para conseguir se diferenciar no mercado. São técnicas aplicáveis no dia a dia e que precisam estar estruturadas dentro de uma empresa.

1. Agregue valor com a Experiência do Cliente

Seja qual for o seu seguimento, nicho ou produto, o Cliente precisa ser sempre o foco das suas ações. Focar na experiência dele é tornar o seu produto cada vez melhor e mais aceito. Por isso, invista em pesquisas, ações e melhorias que envolvam o seu Cliente.

Oferecer amostras, produtos e experiências com você gratuitamente também é uma forma de fazer com que ele sinta como é fazer parte do seu negócio.

A percepção do cliente sobre o seu negócio não vem só sobre o produto ou serviço que você entrega, a percepção vem de um conjunto de ações que você entrega para ele. Por isso, para agregar valor, mostre o seu diferencial, antes de ter um produto, você precisa ter um propósito.

2. Inovação e Cultura

A cultura da empresa é o maior diferencial que ela pode ter. é a partir dela que o cliente se identifica, porque a relação com a empresa é muito mais do que superficial, exige muitas vezes confiança, disponibilidade e estar conectado com a cultura da empresa faz toda a diferença.

Nos últimos anos, um grande case de cultura empresarial que podemos citar foi ascensão do Nubank e a sua cultura de valorização ao cliente. Esse é um diferencial que abriu caminho para diversas fintechs reformularem suas culturas para reconquistarem os clientes que acabaram migrando para o roxinho.

3 . Invista em Marketing

Investir em Marketing é investir na imagem da sua empresa, assim como a cultura, a visão que você emana para o seu cliente é essencial. O Marketing é o caminho para te fazer chegar aos clientes e principalmente expor os seus diferenciais.

O Marketing Digital cresceu 14% durante o período da pandemia e isso mostra a importância da imagem das empresas em momentos de crise.

Aqui na ARC nós percebemos o quanto a nossa cultura, o nosso marketing e a nossa entrega aos experimentos dos nossos clientes fizeram um diferencial competitivo e por isso acreditamos que esses são pilares importantíssimos e que precisam ser trabalhados diariamente.

Por isso, compartilhamos todos os dias com os nossos clientes formas de viabilizar projetos. Nossos serviços são diferenciais em diferentes segmentos mas principalmente eles são experiências para os usuários dos nossos clientes e isso nos ajuda a melhorar a entrega e o serviço no diferencial dos programas de recompensas.

Comunidade: Construindo uma no Ambiente Digital

Leitura em 2 minutos

Comunidade tem como significado estado do que é comum e os ambientes digitais promoveram ainda mais esse senso de comunidade e de meio comum, afinal, estamos todos conectados.

A comunidade também chegou ao ambiente empresarial onde as empresas se colocaram como verdadeiros ecossistemas de serviços, e seus parceiros e clientes fazem parte dela

Mas qual seria esse conceito no ambiente digital? Por estarmos todos conectados, temos mais acesso as dores e as necessidades um dos outros, tanto empresa x empresa quanto empresa x cliente. Por isso nos tornamos uma grande comunidade com influências e serviços em comum.

Mas como você, como empresa, consegue construir uma comunidade que tenha a ver com o seu negócio e que ofereça benefícios mútuos? De uma maneira bem simples, conseguimos nos conectar e oferecer nossos serviços online. Com uma conta gratuita em uma Rede Social você consegue se posicionar e ganhar autoridade e então montar uma comunidade que ajude nos seus negócios.

Mas se você estiver com dúvidas, separamos uma listinha de coisas que podem ajudar:

  • Se posicione
  • Mostre o seu trabalho
  • Se conecte com pessoas que sejam do seu nicho.
  • Ajude para ser ajudado
  • Espalhe sua ideia
  • Produza Conteúdo
  • Crie um ambiente em comum
  • Faça da sua empresa um ecossistema.

E para te ajudar a acelerar seus projetos, conheça nossas soluções.

Inovação: SpaceX, Google e a tecnologia

Leitura em 3 minutos

Inovação e tecnologia: A Space Exploration Technologies Corp , mais conhecida como SpaceX foi fundada em 2002 por Elon Musk, CEO e co-fundador da Tesla. Hoje a empresa é colocada como uma das maiores empresas particulares do mundo de transporte espacial. Mas, ainda mais do que isso, a SpaceX é sinônimo de inovação e ousadia.

Elon Musk tem uma visão ambiciosa sobre a vida no espaço e hoje trabalha incansavelmente para criar o Starlink.

Uma constelação de satélites de internet capaz de oferecer conexões de alta velocidade a qualquer lugar do planeta. Na última semana ele surpreendeu fazendo esse tweet:

Elon deu mais um passo rumo a inovação, ele fez um tweet via Starlink e se surpreendeu exclamando: “Funciona!”;

Na mesma semana o Google anunciou o seu computador quântico que ocupa nada mais, nada menos do que 7 andares de um prédio.

A grande novidade desse computador é o processamento ainda mais rápido com códigos binários 0, 1 e 01.

Na prática, o chip quântico desenvolvido pelo Google, chamado de Sycamore, executou em 200 segundos um cálculo que o supercomputador clássico mais avançado do mundo levaria 10 mil anos para completar.

E o que esses grandes feitos: um tweet enviado “do espaço” e um supercomputador quântico nos dizem sobre inovação?
Inovar é ir além do convencional, do esperado e muitas vezes além até do “inalcançável”.

Em 1985, o filme De volta para o Futuro já projetava a ideia de carros voadores para 2015, isso não aconteceu, mas a humanidade evoluiu tanto, surgiram drones, smartphones, tecnologias aplicadas a medicina e em basicamente tudo.

Pensar em coisas que podem parecer além do possível nos faz estudar, planejar e principalmente almejar coisas inovadoras e isso nos tira da zona de conforto e nos acrescenta muito como profissionais e seres humanos.
Precisamos nos colocar fora da zona de estagnação e criar novas saídas para problemas muitas vezes aparentemente sem solução, isso é inovar e inovar é crescer.


Conheça a ARC e as nossas soluções para acelerar e promover o seu projeto: www.arcsolucoes.com.br

Cliente: Campanha 10x mais pontos.

Leitura em 2 minutos

Dia 15 de Setembro é dia do cliente mas estendemos as ofertas para o mês inteiro.

Selecionamos 16 marcas para durante todo o mês gerarem 10x mais pontos aos usuários do Clube de Vantagens. O Clube de Vantagens é um dos produtos de maior demanda aqui na ARC. Acreditamos que isso acontece porque esse produto é um apoio digital para uma marca e é um grande impulsionador da fidelização de Clientes.

Essa oferta promove as vendas, o engajamento e acumulo de pontos dos consumidores. A percepção do cliente sobre o seu negócio não vem só sobre o produto ou serviço que você entrega, a percepção vem de um conjunto de ações que você entrega para ele. Por isso, para agregar valor, mostramos um diferencial, antes de ter um produto, temos um propósito.

cliente

A campanha de 10X mais pontos foi planejada para incentivar a relação dos cliente com o Clube de Vantagens.

Após a atualização do nosso catálogo de resgates em parceria com a Easy Live, buscamos movimentar os pontos e facilitar ainda mais o acumulo.

Quem participa?

Todos os nossos parceiros incluindo Light, Atlético Mineiro, Enel e SPFC estão participando do mês do cliente. Para participar basta estar adimplente ou ter plano de sócio ativo.

A promoção válida até o dia 30 de setembro nas compras online realizadas através do site do Clube de Vantagens nas lojas parceiras (Centauro, Eotica, Jocar, Evino, Empório da Cerveja, Netshoes, Fut Fanatics, Livraria da Travessa, Amazon, Polishop, Zatinni, Cobasi, Sephora, Drogaria São Paulo, MultiLaser e Quero Passagens.

Confira nossas soluções e saiba como fidelizar e proporcionar experiências incríveis aos seus clientes aqui.

Colaborar x Competir

Leitura em 3 minutos

Quando falamos sobre colaborar dentro do universo corporativo esse termo pode se tornar muito subjetivo, já a competição é vista com mais naturalidade, afinal, a concorrência entre empresas sempre existiu e se tornou uma grande corrida dentro do mercado. Onde os que chegam na frente ganham a medalha de ouro e os que ficam pra trás, podem nem chegar ao pódio. Mas o mercado mudou e as pessoas também.

Colaborar: Porque e com quem?

colaborar

Por muito tempo os profissionais tiveram medo de compartilhar as suas ideias e os seus planos por conta da concorrência. Esses projetos que foram guardados à sete chaves no baú do medo de compartilhar, podem ter pedido muitas chances de sucesso por não ter uma colaboração externa.

Com o passar dos anos a ideia de colaboração começou a ganhar espaço, aliás, as empresas passaram não só a colaborar entre si como também com consumidores e influenciadores.

Não tenha medo de colaborar compartilhando conhecimento

A ideia de compartilhar pode parecer muito assustadora, afinal, aquele é o seu projeto e ele vale muito para você. Mas o que torna ele único é a sua forma de executar.

No Brasil já encontramos diversas empresas adeptas não só ao compartilhamento de seus projetos como também do seu conhecimento.
É o caso da Rock Content, que produz Marketing de Conteúdo e fez disso um negócio rentável. E também as Irmãs Alcântara com a marca Orna, onde elas defendem que colaboração é melhor que competição e aplicam isso de forma incrível em uma escola de Branding, chamada efeito Orna.

E a concorrência?

Colaboração gera união e crescimento de mercado, competição aumenta a rivalidade e divide o mercado.
Um exemplo bem legal de empresas que se uniram e expandiram no mercado é do Grubster com o ChefsClub, ambas tinham propósitos em comum e a fusão entre elas fez com que se tornassem o maior player do segmento. Seus “concorrentes” precisam ser parceiros e não oponentes.

Fazer esse caminho acompanhado é melhor do que sozinho e como falei ali em cima o que torna cada um único é a execução, portanto, você terá o seu diferencial.

Como posso integrar esse novo modelo de pensamento ao meu negócio?

Reestruturar algo que já vem sendo aplicado há um tempo não é uma tarefa fácil mas as mudanças fazem parte do processo de crescimento.
Existem alguns conceitos que precisam ser esclarecidos dentro da empresa por isso acredito que ter uma base e um bom propósito fazem toda a diferença:

  • Defina o seu propósito no mercado.
  • Redefina o conceito de competição na sua empresa.
  • Valorize parceiras e colaborações.
  • Invista no mercado e em empresas parecidas com a sua.
  • Colabore com outras empresas: seja com um serviço ou até mesmo uma indicação.
  • Não tenha medo de compartilhar e explorar possibilidades.

Por fim, se você está no mercado em busca de ferramentas para crescer, nós podemos ajudar o seu negócio. Conheça a ARC e utilize nossos serviços gratuitamente por 30 dias, clicando aqui.

Saúde Mental: Como o meio corporativo pode influenciar.

Leitura em 4 minutos

Você sabe como a Saúde mental interfere no mundo corporativo?
Não é novidade para ninguém que estamos vivendo uma era de muita ansiedade. As informações chegam o tempo todo e estamos sendo cada vez mais cobrados de sermos profissionais excepcionais, atualizados e felizes.

Saúde Mental

A saúde mental do século XXI é pauta de diversos estudos e a sua ligação com o trabalho e mídias sociais é cada vez mais apontada. 56% dos brasileiros estão insatisfeitos com seus empregos formais . Entretanto, por uma combinação de fatores mas também por um modelo antigo de empregabilidade. Nos dias de hoje as jovens empresas que nasceram em meio ao boom da tecnologia já pregam um novo modelo de trabalho, com mais flexibilidade e mais benefícios para o funcionário.

Você já parou pra pensar na quantidade de vagas que agora disponibilizam academias, yoga, shiatsu e outras coisas extras para os seus funcionários? Isso é o reflexo de uma geração de trabalhadores que busca qualidade de vida em geral, Saúde Mental e não somente financeira.

A culpa é do salário?

O salário é sim um ponto decisivo na hora da escolha de ficar na empresa mas 90% das pessoas consideram que este reconhecimento pode vir sob outras formas, como elogios, homenagens até mesmo uma estrela no peito, desde que seja uma atitude que valorize a entrega do trabalhador.  Estamos em uma era em que o mercado exige profissionais excepcionais. Portanto, precisamos de estudos, tempo dedicado e muitas vezes essa busca pelo perfeccionismo e entrega além do esperado é um gatilho para crises de ansiedade e até mesmo depressão.

Como podemos ajudar?

Em época de crise e corte de gastos é até difícil pedir uma reformulação de modelo de trabalho. Mas, o que as empresas precisam entender é que os funcionários passam muito mais tempo dentro do trabalho do que na sua própria casa e se esse ambiente for tóxico vai atingir não só 1 mas sim todos os funcionários.

O papel da empresa é promover um ambiente de construção, aprendizado e colaboração, onde o funcionário possa ouvir mas também ser ouvido. O cuidado com a saúde emocional deve ser uma parte cultural da empresa e nunca é tarde para mudar, nós mesmos, estamos mudando 😉

Seja uma rede de apoio e incentivo.

Saúde Mental

Sabemos que em grandes organizações o controle e olhar individual de cada funcionário é muito complexo de fazer, por isso é necessário ter uma boa equipe de RH e porque não investir em terapias ou encontros semanais onde os funcionários possam se expressar? Uma dica é, se sua empresa for muito grande, divida essas atividades por setor!

Se a sua empresa for pequena, tenha o cuidado de fazer um olhar individual, promova interação entre os funcionários e fique de olho na aptidão de cada um. Fazer o que gostamos sempre é uma razão a mais para seguir.

Saúde Mental

Por último, incentive o seu funcionário, é ele que faz a sua empresa acontecer. Reconheça as suas habilidades, esforços e tempo dedicados aos seus projetos.

O reconhecimento pode vir tanto de forma financeira como em forma de elogio, por algo que ele fez essa semana ou no último mês.

Vale lembrar que Ansiedade e Depressão são doenças que precisam de acompanhamento psicológico e psiquiátrico. Se você estiver passando por um momento assim, procure ajuda.

O CVV (centro de valorização a vida) atende gratuitamente e pode te ajudar. E se você identificar que algum dos colaboradores da sua empresa está precisando, ofereça ajuda!

Encantar um cliente: Prestadora de serviços básicos

Leitura em 3 minutos

Não é novidade para ninguém que o relacionamento cliente e prestador de serviço de água, luz entre outros serviços básicos, muitas vezes é abalado.
Mas hoje o mercado exige que o cliente esteja sempre satisfeito e esse é um desafio muito grande para essas empresas. Pensando nisso, nós aqui da ARC começamos a trabalhar com distribuidoras de energia visando uma virada positiva nessa relação.

O cliente de um serviço básico, não tem escolha e precisa estar adimplente. Mas nem por isso, você precisa deixar de encantá-lo.

Encantar um cliente

1 – O cliente precisa pagar e você precisa encantar.

Pode parecer uma forma forte de falar, mas a verdade é que ninguém gosta dos boletos mensais que chegam sem um valor estimado e com data de validade apertada. Por isso, seja flexível! Em muitos casos não é possível fazer grandes mudanças mas existe algo que melhora qualquer relacionamento: bom atendimento. Invista em atendentes que façam o possível para encantar o cliente e dê possibilidades para que ele faça isso.

2 – Ofereça benefícios

Nós, como uma empresa que trabalha com programa de recompensas, podemos falar o quanto esse tipo de programa funciona e como clientes se apaixonam por possibilidades de economizar, ganhar um prêmio ou até mesmo receber um Feliz Aniversário com uma oferta pensada pra ele.
Os benefícios retem clientes e encantam clientes fiéis.

3 – E se você com você?

Se você está oferecendo um benefício que não atrai você, ele não serve para o seu cliente. Antes de ser profissionais, somos consumidores. E satisfazer nossas necessidades e desejos é o que mais esperamos quando vamos em busca de algo para consumir. Nós não podemos escolher qual empresa queremos que atenda nossas necessidades de luz, água e etc, mas nós podemos ter uma visão sobre ela. E os 3 pilares dessa visão são: Prestação de Serviço, Qualidade de atendimento e Benefícios Envolvidos.

Estamos na era dos Clientes e ao mesmo tempo estamos em crise, são duas coisas bem difíceis de controlar mas o esforço que depositamos em mudanças positivas, sempre gera recompensas, lucro e satisfação.
A crise traz novas oportunidades.

Nessa nova era, é comum transformar a visão do cliente sobre a prestação de serviços. Quando o cliente passa a enxergar a empresa pela posição social, pelos benefícios agregados e não somente pelo serviço prestado.

Mude esse cenário e construa uma imagem diferente para a sua empresa.
Teste gratuitamente os nossos serviços por 30 dias Cadastre-se aqui!

Fidelização de Clientes: 3 Motivos para você investir

Leitura em 3 minutos

Saiba como a Fidelização de Clientes pode manter o seu negócio e a satisfação do seu cliente.

No último artigo falamos sobre Retenção de Clientes e sobre a diferença entre Retenção e fidelização, se você ainda não leu, clique aqui e saiba porque a Retenção de Clientes é um passo a menos para a fidelização.

Antes de te dizer os 3 motivos para investir em fidelização, eu acho importante reforçar que a fidelização de clientes é um termo já conhecido no Brasil e que nos últimos anos com a virada que o Marketing deu, em olhar mais para o Cliente, o mercado de fidelização cresceu muito.
Para a ARC esse assunto já é prioridade faz tempo! Começamos há 14 anos a investir em fidelização de clientes, na época, os restaurantes eram o nosso foco e hoje expandimos nossos serviços para bens de consumo e até empresas de crédito.
Essa mudança de clientes com que trabalhamos, reforça ainda mais esse crescimento de mercado e o motivo de tanto investimento em fidelização é simples: o cliente é importante. E ninguém quer perder seus clientes.

A fidelização começa com um conjunto de ações, feitas pela empresa para atrair, recompensar e manter seus clientes. Esse conjunto de ações se dá por meio de benefícios para os clientes, que se sentem prestigiados por aquela empresa, criando um vínculo ainda mais forte com ela.


1. Fidelização é mais fácil (e mais barato!) do que conversão

Quando falamos em fidelização, estamos falando de ações feitas com clientes já existentes. É um trabalho totalmente voltado para quem já conhece e compra com você. Todo o trabalho de conversão já foi realizado e agora tudo o que você precisa fazer é mostrar que escolher você foi a melhor opção.

2. Fidelizar pode expandir sua marca!

Quer fazer a sua marca crescer? Invista em fidelização! Já falamos algumas vezes sobre o poder de um cliente na divulgação de uma marca/empresa e para que seus clientes sejam defensores da sua marca e a propaguem. Portanto, você precisa mostrar pra eles que o que eles vivem com você é completamente diferente do que com outras empresas. Não se trata de concorrência mas sim de competência.

3. Um pássaro na mão é melhor do que dois voando.

O trabalho de fidelização e retenção de clientes é o que faz com que você consiga manter os seus clientes, não investir nesse conjunto de ações é igual a deixar dois pássaros voando. Porque a verdade é que sempre vão existir perdas no mundo dos negócios. Não podemos garantir 100% de satisfação de todos os clientes mas podemos garantir que a satisfação seja maior do que a insatisfação.

Fidelizar é um ato de comprometimento com o seu cliente, é gerar e atender expectativas. É criar conexões e estabelecer vínculos.

Teste grátis por 30 dias a nossa ferramenta e transforme a relação com seus clientes. Cadastre-se aqui!


Apple anuncia serviço de Streaming e Cartão de Crédito.

Leitura em 3 minutos

E isso mostra como o mercado precisa se reinventar.

apple

O mercado está pedindo para que cada vez mais as empresas se adequem ao momento que estamos vivendo, e esse momento é de inovação ou reinvenção. Seja qual for o segmento, é necessário repensar o seu negócio e implementar criatividade e inovação.

Eu aposto que há 4 anos você não imaginava que a grande Apple, já renomada por suas criações em produtos eletrônicos de consumo, software e computadores pessoais anunciaria na mesma semana não só uma, mas sim duas vertentes completamente diferentes das lançadas até hoje. Com criatividade e clara visão do futuro que o mercado está impondo para as empresas, a Apple anunciou o seu cartão de crédito e serviço de streaming.

Esses dois lançamentos vão de acordo com a demanda que está surgindo. A cada dia que passa as pessoas estão utilizando ainda mais os serviços de streaming e isso traz uma exigência que no começo não existia, o público pede por novidades e se o serviço não entrega na mesma velocidade em que são lançados novos conteúdos, ele migra para o serviço mais próximo. Surgindo dessa necessidade, a Apple lança um concorrente para os gigantes Netflix e Amazon Prime, e ao futuro Disney+ , dando aos usuários uma nova opção de transmissão de conteúdos.

Apple Card

O mesmo se aplica ao Apple Card, anunciado nessa segunda (25/03). Os usuários de bancos convencionais buscam por facilidade, benefícios e cada vez mais segurança.

Na era das compras online, perder um cartão de crédito com seu código de segurança à mostra é pior que um pesadelo. Então, a Apple trouxe como uma novidade dados armazenados no chip, com visualização através do Apple Wallet (Serviço que disponibiliza em seus aparelhos).

Além de um visual minimalista e benefícios financeiro, o usuário receberá de volta 2% de cada transação do Apple Card. Realizada a partir do Apple Pay.

Para compras em serviços da Apple, o cashback é de 3%. Em transações feitas com o cartão físico, o retorno é de 1% e a anuidade é gratuita!

Assim o Apple Card se torna um grande concorrente para empresas como Nubank. Inicialmente elas tinham como grande diferencial as taxas zeradas de anuidade e adesão online.

Estou cada vez mais convencida que a palavra Multipotencial se aplica ao que estamos vivenciando hoje no mercado. Precisamos ser profissionais e empresas multipotenciais.

Precisamos muitas vezes relançar um projeto, reinventar uma ideia, traçar um novo plano e ter uma visão mais geral das possibilidades que aparecem no meio do caminho. E aí, o que você e a sua empresa estão fazendo hoje para suprir as demandas do mercado no futuro?

Confira o lançamento: