Mês: setembro 2019

Fidelização de Clientes e o papel da tecnologia.

Leitura em 5 minutos

Fidelização de Clientes já é um termo muito conhecido nas organizações. Mas na atual situação econômica do país, colocar em prática uma estratégia de fidelização deixou de ser apenas oferecer descontos aos clientes mais assíduos.

Fidelização de Clientes

É necessário investir em uma série de ações e automações para estimular os consumidores a interagir com a sua marca, visitar mais a sua loja e comprar seus produtos e serviços. E é nesse momento que a tecnologia se torna essencial.

O consumidor está online em todo o momento. Sua marca precisa estar presente no meio digital, mesmo que seja uma loja física. Dessa forma, a tecnologia consegue atrair o cliente utilizando recursos que atingem especificamente o hábito de consumo. Você deixa de olhar apenas para números. Dessa forma, o cliente entende que você sabe o que ele quer, e no momento certo a sua marca se relaciona com ele.

Vou listar alguns recursos utilizados pelas empresas que investem em programa de fidelização:

Motor de pontos:

É um sistema de pontuação que premia com pontos quem mais consome na sua loja. Ainda é possível, através de integrações de sistemas, que seu cliente conquiste pontos em outros consumos que não têm relação com o seu segmento. Mas com os pontos conquistados, o cliente pode resgatar seus próprios produtos, ou produtos e serviços de lojas parceiras, de segmentos distintos.

Aqui na ARC por exemplo, quando a distribuidora de energia Enel decidiu criar o seu próprio programa de fidelidade, utilizou o sistema de pontuação da ARC para o cliente ganhar pontos ao colocar a conta de luz como débito automático e trocar pontos por descontos nas próximas faturas. E também disponibilizou mais de 3 mil lojas parceiras para o cliente juntar e trocar pontos. Dessa forma, agrega ainda mais valor e lembrança à marca, porque você oferece benefícios em diferentes momentos da vida do seu cliente, não apenas quando ele está dentro da sua loja.

Push notification:


É um dos melhores recursos que os profissionais de marketing têm em mãos. Através de um aplicativo mobile, é possível mandar mensagens de alerta a qualquer momento, mesmo quando um aplicativo não está aberto no momento.


Com o WhatsApp Business, muitas empresas que não possuem um aplicativo próprio estão se beneficiando dessa tecnologia.Já utilizamos o Whatsapp business para comunicação promocional na Light e no Palmeiras.


Para não ser invasivo, enviamos um e-mail para os clientes e sócios torcedores aceitarem receber as mensagens por esse novo canal, eles adicionaram o número e tivemos mais de 20% de contatos recebendo nossas comunicações por esse novo canal.


Também é possível automatizar para enviar notificações para cada ação que o cliente faz no seu site, para informar sobre a entrega de um pedido e ainda realizar atendimento ativo pelo WhatsApp. Tudo isso aumenta a fidelidade do seu cliente.

Emails segmentados:


Com a tecnologia você conhece o perfil de consumo do seu cliente e informações relevantes que possibilitam criar promoções segmentadas para cada cliente. Ainda é muito questionado sobre a efetividade dos e-mails marketing, mas eles ainda são os responsáveis pela maior taxa de conversão. Isso acontece pois as empresas já perceberam como podem estreitar o relacionamento com campanhas segmentadas de forma inteligente.

Geolocalização:


A geolocalização é um conjunto de tecnologias que identifica a localização de um aparelho eletrônico. Usar a geolocalização tem sido uma ação cada vez mais real, sendo uma aliada da empresa na hora de se aproximar de clientes, conseguir mais destaque e melhorar a experiência de compra.

Descontos exclusivos:

Através da tecnologia é possível oferecer descontos exclusivos para clientes específicos. O uso de URLS promocionais, cupons de desconto e de integrações entre sistemas está sendo cada vez mais utilizado para que o cliente perceba cada vez mais que ele é especial e que está ganhando um benefício por conta da sua fidelidade à marca.
Na ARC, temos integração com os principais ecommerces, o que possibilita ofertar produtos com descontos exclusivos para eles e identifica-lo para ainda conceder pontos por ele ter comprado.

Cashback:

Há mais de 10 anos a tecnologia possibilitou que a ARC oferecesse cashback aos clientes, quando esse termo ainda nem era famoso como hoje.

Na Cantão, uma marca de roupas feminina, cada compra gerava crédito para compra seguinte. Esse recurso da ARC ainda é utilizado por eles e é responsável pelo aumento da recorrência e do Ticket Médio.

Hoje essa tecnologia está em destaque no mercado de fidelização. É uma ótima opção para recompensar seu cliente pela fidelidade à sua marca.

Sistema de CRM:

A tecnologia possibilitou que o comportamento de consumo gerasse dados que se tornam extremamente relevantes para quem quer fazer ações assertivas, de forma inteligente para fidelizar o cliente e aumentar os resultados. ]

Um sistema de CRM possibilita que você entenda o perfil do seu cliente com relatórios, gráficos e dashboards que fornecem insights que auxiliam a equipe de Marketing na tomada de decisão.

Esses são alguns exemplos de como a fidelização de clientes pode ser aplicada através de ferramentas tecnológicas trazendo mais resultados para a sua empresa.

A ARC é especializada em fidelização de clientes. Através da nossa tecnologia, viabilizamos e aceleramos projetos de fidelização e CRM.

Cliente: Campanha 10x mais pontos.

Leitura em 2 minutos

Dia 15 de Setembro é dia do cliente mas estendemos as ofertas para o mês inteiro.

Selecionamos 16 marcas para durante todo o mês gerarem 10x mais pontos aos usuários do Clube de Vantagens. O Clube de Vantagens é um dos produtos de maior demanda aqui na ARC. Acreditamos que isso acontece porque esse produto é um apoio digital para uma marca e é um grande impulsionador da fidelização de Clientes.

Essa oferta promove as vendas, o engajamento e acumulo de pontos dos consumidores. A percepção do cliente sobre o seu negócio não vem só sobre o produto ou serviço que você entrega, a percepção vem de um conjunto de ações que você entrega para ele. Por isso, para agregar valor, mostramos um diferencial, antes de ter um produto, temos um propósito.

cliente

A campanha de 10X mais pontos foi planejada para incentivar a relação dos cliente com o Clube de Vantagens.

Após a atualização do nosso catálogo de resgates em parceria com a Easy Live, buscamos movimentar os pontos e facilitar ainda mais o acumulo.

Quem participa?

Todos os nossos parceiros incluindo Light, Atlético Mineiro, Enel e SPFC estão participando do mês do cliente. Para participar basta estar adimplente ou ter plano de sócio ativo.

A promoção válida até o dia 30 de setembro nas compras online realizadas através do site do Clube de Vantagens nas lojas parceiras (Centauro, Eotica, Jocar, Evino, Empório da Cerveja, Netshoes, Fut Fanatics, Livraria da Travessa, Amazon, Polishop, Zatinni, Cobasi, Sephora, Drogaria São Paulo, MultiLaser e Quero Passagens.

Confira nossas soluções e saiba como fidelizar e proporcionar experiências incríveis aos seus clientes aqui.

Podcast: Case de um produto atemporal.

Leitura em 3 minutos

Se você acompanha a ARC, deve ter ouvido algum dos nossos episódios do nosso podcast, o ARC Insights que está no ar desde abril. Mas a verdade é que os Podcasts surgiram há muitos anos e agora estão se renovando e revolucionando a comunicação.

O primeiro podcast brasileiro surgiu em 2004, 15 anos depois iniciamos o nosso podcast falando sobre tecnologia, desenvolvimento pessoal e profissional. E não só a ARC entrou nesse barco já andando, a gigante Globo na última semana anunciou a sua estreia no mundo dos conteúdos de áudio.

Porque os conteúdos de áudio voltaram?

Sabemos que os produtos que surgem com a internet são incontáveis. Todos os dias uma nova plataforma, um novo app ou uma nova tecnologia são lançadas no mercado e nessa guerra muitas coisas acabam ficando obsoletas e são descontinuadas. Mas, como os Podcasts sobreviveram ao longo dos anos com tantas novidades e tecnologias tão superiores aos arquivos de áudio?

Streaming life

podcast

Não me surpreende que o podcast tenha ressurgido na década em que as plataformas de Streaming começaram a bombar, porque foram elas que facilitaram o acesso ao áudio de qualidade. E também a distribuição de Podcasts que hoje só precisa ser enviado para um lugar para que seja distribuído em todas as plataformas.

Ter o seu próprio “Programa de Rádio” nunca foi tão fácil, e compartilhar suas ideias e conhecimento com o mundo nunca foi tão requisitado.

Com a falta de tempo e a perda de conexões humanas, ouvir uma voz amigável falando sobre algo que você acredita pode acrescentar muito no seu dia.

Os Podcasts apresentam diversos formatos. De bate papos descontraídos até debates políticos, eles tomam conta dos ouvidos da população.

Através de uma necessidade: É preciso consumir cada vez mais conteúdo para estar atualizado e temos cada vez menos tempo.

Onde tem demanda, tem produção (E Podcast!)

Assim como nos últimos anos a produção de vídeos teve um aumento exponencial, por conta da demanda do youtube e da população que estava consumindo cada vez mais conteúdo, a produção de Podcasts teve um boom em 2019 e o que pra muita gente é novo, na verdade já é um velho conhecido da galera old school da internet.

Eu acredito que esse número só vai crescer, a produção de conteúdo está em alta, o marketing de conteúdo também. As empresas querem falar e as pessoas também. E nós com a vida corrida e com os olhos fixados em telas de computador e celular, precisamos só dar o play e pronto, estamos nos informando, estudando ou até mesmo nos entretendo.

Cada vez mais o futuro está fadado a coisas que não vemos, mas sentimos, ouvimos ou até imaginamos. A tecnologia vem do futuro mas muitas ideias podem ser resgatadas lá do passado para atender as demandas do presente.

Descubra como podemos acelerar seus projetos: www.arcsolucoes.com.br.

Análise de dados e o bombardeio de informações

Leitura em 4 minutos
Análise de dados

Uma pesquisa realizada pelo MIT Technology Review, que ouviu mais de 2.300 líderes empresariais em todo o mundo, mostra que 78% dizem que enfrentam desafios para digerir, analisar e interpretar grandes volumes de dados.

Hoje vou mostrar o que pode estar prejudicando a utilização de dados concretos, que poderiam melhorar os resultados da sua empresa. Porque analisar dados é um desafio?

1. Os dados só aumentam e você não sabe o que fazer com eles.

Há alguns anos, a formação em Marketing não previa que passaríamos tantas horas dos nossos dias analisando números e que todas as nossas ações de comunicação e publicidade seriam totalmente orientadas a dados. Dados reais, em tempo real, específicos e cada vez mais detalhados, enviados pelos nossos próprios clientes e potenciais clientes de forma dinâmica. Por isso, Marketing, Tecnologia e Vendas hoje são vistos como um só. Muitas empresas já trabalham com essas equipes em um mesmo ambiente, por que nenhuma delas pode caminhar sem pensar na outra.

Diante de tanta informação, muitos profissionais sabem que os dados são relevantes, mas não sabem o que fazer com eles.

Aí vem a importância de que os KPIs estejam bem definidos e claros para todos na empresa. Sabendo quais são os números, indicadores e metas mais importantes, as áreas ganham produtividade e se preocupam com o que realmente é importante e decisivo para um bom resultado para a empresa.

2. Dados em diversas plataformas diferentes e chegando em formatos diferentes.

Não é mais novidade que a cada dia aparecem novas formas de captação de dados, mas você precisa estar atualizado sobre o que cada uma faz, seus objetivos e valores, para implementar na empresa.

Nunca foi tão importante que as plataformas tenham integrações entre elas. Aqui na ARC temos diversas integrações, por exemplo, com a Allin, Conta Azul, Bradesco, Zenvia, Cielo, dentre outras. Dessa forma, quem contrata a ARC ganha tempo porque os dados estão integrados com outras plataformas que eles já utilizam e a experiência do usuário final é melhor, evitando por exemplo que o cliente precise logar mais de uma vez. A maioria das vezes o cliente final não percebe a mudança de ambientes, administrados por empresas diferentes.

Hoje é certo que você precisa trabalhar com diferentes plataformas e que precisa analisar dados em diferentes formatos. Por isso, a integração de dados nunca foi tão importante. O Leandro, nosso diretor de Tecnologia já falou sobre as APIs no ARC Insights. São elas as responsáveis por essa integração.

3. Dados que não são utilizados como deveriam.

Não é segredo que as tomadas de decisões precisam ser com base em dados, mas quantas vezes paramos no fim do mês para fazer isso? Por isso torne a análise uma rotina e amadureça a cada dia para não deixar passar informações que não podem ser ignoradas.

4. Complexabilidade de criar campanhas estratégicas.

Os dados existem – consequentemente o que os profissionais de marketing vão fazer com isso é o que importa. Iniciamos a era do marketing orientado por dados – o reconhecimento e a integração de análises comportamentais para oferecer a melhor oferta e resposta possível ao cliente em tempo real.

Jupiter Research relata que por segmentar prospects com base em comportamentos específicos, é possível aumentar as taxas de abertura em mais de 50% e a conversão em mais de 30%.

Está cada vez mais claro que as empresas que não adotarem uma estratégia de marketing orientada por dados não poderão mais atender efetivamente às necessidades dos clientes – ou aumentar sua lucratividade.

Os clientes da ARC contam com o impacto total do marketing, mas com uma plataforma que simplifica a gestão e integra com as principais ferramentas do mercado.

Tenha um programa de recompensas personalizado e engaje seus clientes.